Como descobrir uma traição no meio evangélico?

Com base em pesquisa realizada pelo Ashley Madison (site americano voltado para pessoas que buscam casos fora do relacionamento), cristãos estão entre os que mais traem seus parceiros. Dados apontam que 48% dos envolvidos se declaram evangélicos e protestantes, enquanto 23% se identificam como católicos e 5% ateus, ou seja, a fé não impede o ato de infidelidade e a traição é cada vez mais procurada para satisfazer as vontades da carne.

O fato é que tanto trair, quanto ser traído traz arrependimentos e marcas profundas que podem ser fatais, destruindo lares e famílias. Porém, ser enganado é sempre pior. A verdade, por mais dolorida que seja, possibilita abrir os olhos e tomar certas decisões para recomeçar a vida com ou sem a pessoa. Afinal, quem teme a Deus certamente preza por um casamento abençoado e longe de tentações mundanas.

Quer saber como o detetive particular pode ajudá-lo? Continue lendo o artigo a seguir:

 “Não cometerás adultério”, um dos 10 mandamentos de Deus

Primeiramente, é importante ressaltar que embora a bíblia deixe bem clara sua visão em relação aos valores que devem ser adotados no casamento, bem como suas condenações, os adultérios são frequentes e há até quem não julgue a traição como um pecado.

É por conta de atitudes como essas que muitos crentes sofrem preconceito ao serem chamados de mentirosos que vão à igreja todos os domingos, pagam de bom cristão, andam com a bíblia embaixo do braço, mas quando ninguém está olhando pecam mais do que os que estão dentro da igreja.

Contudo, não se pode generalizar. Não é porque muitos vivem uma vida de mentiras, que todos agem dessa maneira. Quem realmente deseja manter uma comunhão sincera e de coração com Deus, lutará ao máximo contra aos prazeres momentâneos e se assim não for possível, procurarão ajuda para não persistir no erro.

Como descobrir uma possível traição?

Nem sempre a traição é evidente, ainda mais de pessoas que jamais imaginaríamos ser capazes de tais atos. Justamente por isso que muitos crentes não são descobertos. Portanto, para descobrir uma traição é essencial ficar atento a mudanças repentinas de humor, rotina ou até mesmo a novas amizades no meio evangélico.

Infelizmente, a traição gospel está ligada a pessoas com fraqueza espiritual, cabe a cada um optar em mudar a situação ou continuar no caminho pecador, o que já apresenta um desvio sério de caráter. Para tirar suas dúvidas o ideal é contar com uma agência de detetive particular. Ele tem o conhecimento necessário para atuar com descrição e rapidamente levantar provas se há ou não traição por parte do cônjuge.

Conte com os detetives da 007. Aproveite e leia também: Tudo que você precisa saber sobre Investigação Familiar

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *